Category Archives: Geral

imgem mostrando um box de self storage

Vai se mudar? Confira como um self storage pode te ajudar

Mudanças são sinônimos de pouca organização e espaço reduzido para guardar as inúmeras caixas que parecem que se multiplicam pelo novo lar, ocupando cada canto do imóvel.

Mas, não precisa desanimar! Existe uma maneira de descomplicar sua mudança e ter mais área útil no imóvel, conseguindo organizá-lo com calma e exatamente da maneira como deseja.

O segredo para isso é contratar um self storage, que é um serviço que pode lhe ajudar muito em mudanças. Conheça, aqui, mais sobre essa solução e saiba como ela pode lhe auxiliar!

 

O que é self storage?

O self storage é um serviço de autoarmazenamento no qual o cliente aluga um espaço (que também recebe o nome de box), guarda seus itens, tranca o local e leva a chave embora.

Existem diversas modalidades de self storage, como o guarda móveis, guarda volumes e guarda documento, alternativas perfeitas para lhe auxiliar em processos de mudança!

 

Como o self storage ajuda em mudanças?

O self storage oferece benefícios específicos para quem está se mudando, possibilitando passar por esse período com mais organização. Ao contratar o serviço, dá para garantir:

 

Otimização de espaço em seu novo lar

O aluguel de box para mudança possibilita guardar itens pessoais e móveis num local seguro, aumentando a área útil no imóvel, de forma a conseguir organizá-lo com mais cuidado, ajudando a deixar seu novo lar perfeito para os moradores.

Ao transferir as caixas e móveis para o self storage, dá para circular pelo imóvel com maior facilidade e ter espaço para realizar desde pequenas reformas até uma decoração personalizada.

 

Armazenamento com segurança

Um dos principais benefícios do serviço de self storage é a possibilidade de armazenamento com segurança, porque todos os itens são guardados numa área de acesso restrito ao contratante, apenas.

Além disso, toda a área de armazenagem possui sistema de segurança com câmeras de monitoramento e alarmes, além de uma portaria, o que maximiza a proteção dos volumes.

 

Áreas tratadas para armazenagem

O box de self storage para mudanças passa por tratamentos para deixar as áreas limpas, livres de pragas e ventiladas, o que mantém os volumes em perfeito estado, de modo a minimizar danos e prejuízos.

 

Excelente custo-benefício

O aluguel de box de armazenamento para mudanças conta com o diferencial de ter excelente custo-benefício, pois se trata de um serviço eficiente e com preço acessível em comparação a outras soluções disponíveis no mercado.

 

Facilidade de contratação

Não há processos burocráticos longos e complicados na contratação do self storage para mudanças! Todo o serviço funciona de maneira simples, basta escolher um box, efetuar o pagamento e pronto, a área já ficará disponível para uso.

 

Flexibilidade do período de contratação

Dá para contratar o autoarmazenamento pelo período que precisar (com o mínimo de um mês) e suspendê-lo quando tiver interesse. Trata-se de uma alternativa muito mais flexível e versátil, que se adapta às reais necessidades do cliente, sem mantê-lo preso em um contrato longo.

 

Tipos de self storage para mudanças

Há dois tipos de self storage que podem dar suporte em seu processo de mudança. Um deles é o guarda móveis, que é uma alternativa dedicada ao armazenamento dessas peças, somente.

O serviço de guarda móveis para mudança é uma opção para manter esses itens durante o processo de organização do novo lar, mas também em outras situações, como em reformas, evitando danos às peças.

Outra opção é para quem precisa armazenar itens de várias categorias e não somente móveis: trata-se do guarda volumes! Neste caso, é possível colocar na área roupas, acessórios, objetos de decoração, entre outros.

 

Quanto custa o self storage?

O preço do self storage varia de acordo com diversos fatores, como a região do país em que contratará o serviço e o tamanho da área que pretende alugar.

Mas, de maneira geral o serviço custa menos do que um guarda móveis tradicional, ajudando a economizar durante sua mudança.

 

Dicas para usar o self storage em sua mudança

Quer contratar o self storage para descomplicar sua mudança? Então, confira essas dicas que preparamos para simplificar ainda mais esse processo:

 

Tenha cuidado na contratação do self storage

Contrate o serviço de autoarmazenamento de uma empresa séria e de qualidade, para garantir a máxima proteção de seus bens e minimizar o risco de prejuízos.

Prefira um self storage bem localizado, que tenha fácil acesso, estacionamento privativo e ofereça um sistema de segurança e contratação a parte de seguro.

 

Acerte na escolha do box

Escolher o box no tamanho adequado é essencial, para garantir que conseguirá guardar todos os seus itens. Para saber qual a área ideal, separe tudo o que será armazenado e calcule o volume. Uma dica para reduzir a área contratada é desmontar móveis, tornando-os mais compactos.

 

Embale tudo

Itens que estão em caixas devem ser mantidos nelas. Já móveis precisam ser embalados, para eliminar a possibilidade de danos durante o transporte e armazenamento no self storage para mudanças.

icones de redes sociais

Qual a importância das redes sociais para o marketing digital?

Os brasileiros passam boa parte de seu tempo na internet em redes sociais, de três a quatro horas por dia. Essa maior presença nessas plataformas acabou por transformá-las em peças importantes em estratégias de marketing digital.

Aqui, explicamos qual a importância das redes sociais para o marketing digital. Continue a leitura e entenda o porquê vale a pena investir nessas plataformas para potencializar os resultados de sua empresa.

 

O que é marketing nas redes sociais?

A princípio, é fundamental saber o que é marketing nas redes sociais. Trata-se de um conjunto de técnicas que tem como foco a promoção e divulgação de uma marca e seus produtos ou serviços em redes sociais, como Facebook, Instagram e LinkedIn.

 

Importância das redes sociais no marketing digital

As redes sociais são importantes no marketing digital porque oferecem benefícios especiais para a empresa, seja em curto ou longo prazo. Ao adotá-las, é possível obter:

 

Maior alcance

Um dos diferenciais das redes sociais é que possibilitam a promoção e divulgação da marca, seus produtos e serviços exatamente onde seu cliente ou potencial consumidor está, tendo maior alcance entre esse público específico.

Além disso, essas plataformas possuem recursos, como de compartilhamento de posts, que possibilitam que a empresa tenha ainda mais visibilidade e alcance de forma natural, por meio do engajamento dos usuários.

Isso é mais fácil de ser atingido quando a empresa investe em posts com informações relevantes, inclusive com alto potencial viral, de modo a ampliar seu alcance a um baixo custo.

 

Criação e fortalecimento de relacionamentos

O investimento nessas plataformas digitais possibilita que a empresa crie e fortaleça relacionamentos com clientes e potenciais consumidores, o que estimula novas vendas.

As redes sociais permitem uma comunicação direta e rápida, o que ajuda a atingir a satisfação do usuário, além de passar a imagem de uma empresa comprometida em atender, de modo a conquistar uma boa reputação.

 

Consolidação de marca e valores

Por meio das redes sociais dá para consolidar a marca, ajudando a torná-la referência no segmento de atuação. Também é possível comunicar e consolidar valores, o que permite criar um relacionamento mais próximo e de confiança com usuários da rede.

 

Aumento de oportunidades de vendas

As redes sociais possibilitam captar potenciais consumidores e gerar novas oportunidades de vendas, ampliando as alternativas de lucro da empresa.

 

Mensuração de resultados

Estratégias de marketing digital realizadas em redes sociais podem ser mensuradas, o que possibilita que a empresa identifique ações que trouxeram bons resultados e as que precisam de ajustes.

As redes sociais oferecem relatórios detalhados de alcance, compartilhamentos, índices de aprovação e rejeição, permitindo medir os resultados e aprimorar cada vez mais as ações realizadas.

Além disso, também mune a equipe de marketing com informações que podem ser aproveitadas em outros canais ou plataformas, podendo desenvolver ações mais assertivas e eficazes.

 

Baixo custo

Adotar redes sociais em sua estratégia de marketing digital costuma ter baixo custo, já que não se paga para a criação de perfis e posts. Além disso, é possível investir em anúncios por valores mais acessíveis do que mídias offline.

 

Em qual rede social a marca deve estar?

Quem decide adotar as redes sociais em sua estratégia de marketing digital normalmente tem uma dúvida: em qual rede a marca deve estar?

Para definir isso, é importante que a empresa conheça bem seu público-alvo e persona, para saber exatamente em quais redes eles estão. Senão, corre o risco de utilizar uma que não traga os resultados esperados.

Por isso, um dos passos iniciais é conhecer seu público. Então, busque identificar em quais redes ele está e escolher a que é mais adequada à sua estratégia e objetivos que deseja alcançar.

 

Como fazer marketing nas redes sociais?

Há quem pense que para fazer marketing nas redes sociais basta criar perfis em diferentes plataformas para alcançar resultados. Mas, não é assim que funciona.

A empresa precisa ter uma gestão de redes sociais, com cronograma e frequência de publicação, para ter maior engajamento, atrair visibilidade e se fixar como autoridade.

Também é importante designar profissionais para atendimento e engajamento com usuários da rede social, bem como planejar e gerenciar eventuais campanhas de anúncios.

Como são tarefas muito específicas, é essencial que todo esse processo de marketing digital em redes sociais seja feito por uma equipe capacitada e com conhecimento nessas plataformas.

Dessa forma, será possível utilizá-las da melhor maneira possível, aproveitando todos os seus recursos, e gerar os resultados que a empresa deseja ou mesmo superá-los.

Mas, onde encontrar esses profissionais? Existe a possibilidade de ter fácil acesso a eles ao contratar uma agência especializada em marketing digital nas redes sociais.

Ao fazer esse investimento, a empresa passa a contar com uma equipe qualificada para executar ações e gerenciar redes sociais, atingindo objetivos e expectativas. Por isso, não deixe contar com o suporte de uma agência!

o que é um portão pivotante

O que é e onde usar um portão pivotante?

O portão pivotante é uma das principais alternativas no mercado para acabamento de imóveis, ajudando a reforçar a segurança de maneira simples, de modo a garantir maior tranquilidade aos moradores.

Não sabe o que é portão pivotante, muito menos onde usá-lo? Sem problemas! Continue a leitura e descubra essas e outras informações sobre esse tipo de portão.

 

O que é portão pivotante?

Trata-se de um portão com abertura lateral, como uma porta tradicional. Pode ser simples (com somente uma folha) ou duplo (com duas folhas). Em ambos os casos, há versões manuais e automáticas.

Os portões pivotantes fabricados com materiais metálicos são os mais comuns no mercado, porque são resistentes a danos e possuem baixa manutenção, compensando o investimento.

Existem modelos pré-fabricados, mas também há a alternativa de fabricar um portão sob medida, considerando o tamanho da área disponível no imóvel, de modo a atender suas necessidades com maior precisão.

 

Onde usar o portão pivotante?

O portão pivotante é seguro e versátil, por isso pode ser utilizado em diversos tipos de imóveis. Mas, quando está aberto pode ocupar parte da calçada (se abrir para fora) ou da área interna (caso abra para dentro).

Por isso, é mais indicado para garagens com tamanho médio a grande ou que a instalação portão pivotante seja em áreas com pouca circulação, para não atrapalhar o fluxo de pessoas ou colocá-las em risco de acidente com outros veículos.

Dá para instalar o portão de garagem pivotante em imóveis residenciais, comerciais e empresariais, bem como sítios e chácaras, desde que não haja grande fluxo de pessoas no local de instalação.

Se houver e quiser investir nessa alternativa, verifique a possibilidade de instalar um portão com abertura para dentro do imóvel.

 

Como escolher o portão pivotante?

A escolha do portão pivotante perfeito envolve atenção a detalhes para acertar na aquisição. Veja o que você deve considerar ao investir nessa alternativa:

 

Área disponível

Antes de fechar a compra de um portão pivotante, verifique a área disponível para instalação e considere essas medidas para escolher a melhor alternativa. Verifique, também, se há a possibilidade de fazer um sob medida.

 

Material

Os portões pivotantes feitos com materiais metálicos são as melhores opções, porque duram mais tempo e não precisam passar por manutenções frequentes, como os de madeira, que necessitam ser envernizados periodicamente.

É por isso que o pivotante de metal compensa: ele é mais prático no que se refere à manutenção e econômico, já que não precisa passar com consertos frequentemente.

 

Automatização

A automatização é importante porque dá praticidade e segurança ao chegar ou sair do imóvel, com a possibilidade de abrir ou fechar o portão por controle, sem deixar o carro.

Por isso, verifique se o portão pivotante de seu interesse pode ser automatizado, o que pode elevar um pouco mais o custo final, mas compensa em curto e longo prazos.

Além de ser mais prático e seguro, o portão pivotante automático valoriza o imóvel, com possibilidade de aumentar seu valor de venda, caso tenha interesse em realizar essa transação no futuro.

Quem pode fazer o exame de suficiência CRC?

O exame de suficiencia crc, realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade, é a avaliação a que precisam se submeter os bacharéis e alunos do último ano letivo da graduação de ciências contábeis no Brasil.

Esse exame é regulamentado pela Lei 12.249/2010, que diz que a aprovação nesse exame é obrigatória para que esses profissionais e alunos possam requerer o registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e com isso, possam exercer a profissão como Contador.

O objetivo do cfc exame de suficiência é fazer com que os candidatos comprovem os conhecimentos que foram adquiridos durante o curso de contabilidade, os tornando aptos ao desempenho da profissão.

Então, se o seu sonho é ser Contador ou Contadora, precisa ser aprovado no Exame de Suficiência CRC e para chegar a esse objetivo, precisa estar bem preparado.

 

O que cai na prova do Exame de Suficiência do CRC?

A prova cfc que os bacharéis e estudantes realizam é composta por uma avaliação objetiva de múltipla escolha, que contém os conteúdos programáticos desenvolvidos no decorrer dos quatro anos do curso de graduação de Ciências Contábeis.

Segundo o edital, a prova é composta por 50 questões, distribuídas entre as disciplinas de Contabilidade Geral, Contabilidade de Custos, Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Contabilidade Gerencial, Controladoria, Noções de Direito e Legislação Aplicada, Matemática Financeira e Estatística, Teoria da Contabilidade, Legislação e Ética Profissional, Princípios da Contabilidade e Normas Brasileiras de Contabilidade, Auditoria Contábil, Perícia Contábil e Língua Portuguesa Aplicada.

Cada questão vale 1 ponto e para ser aprovado no Exame CFC, o candidato precisa, no mínimo, acertar 25 questões da prova, que totaliza 50% de acertos.

O Conselho Federal de Contabilidade divulga, em média, dois editais por ano, uma no primeiro e a outra no segundo semestre.

As inscrições são realizadas pelo site da banca examinadora do Exame ou pelo site do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

 

Como estudar para o exame de suficiência

Se você está no último ano da faculdade ou já concluiu e pretende fazer o Exame de Suficiência, precisa garantir uma boa preparação, pois os conteúdos cobrados são das disciplinas de todos os anos da graduação. Portanto é fundamental fazer uma revisão dos conteúdos, para garantir uma boa nota do Exame.

A melhor maneira de você se preparar para o Exame CFC é com um curso preparatório para exame de suficiencia crc online.

Com o curso preparatorio para exame de suficiencia crc você vai ter acesso às videoaulas que vão direto ao ponto. Você não perde tempo procurando os conteúdos citados no edital em pilhas de livros e apostilas, basta dar o play e acompanhar a aula, pois elas já estão em formato de planos de estudos. Isso quer dizer que se você tem dúvidas sobre como montar um cronograma de estudos, o curso online é o ideal para você. O curso preparatório online ainda tem a vantagem de você estudar quando e onde quiser, ajustando a rotina de estudos com a sua rotina de estudos na faculdade ou trabalho.

Além disso, após assistir a todas as aulas, ou entre elas, você pode testar os conteúdos com os simulado prova cfc preparados para ajudar na sua preparação.

A prova crc resolvida e comentada e o curso exame de suficiencia crc são juntos a maneira mais completa de você se preparar para o Exame.

As aulas te oferecem o conteúdo completo do edital e com a prova e gabarito exame de suficiência você pode treinar como se fosse o dia oficial do Exame. Assim, tem noção de quanto tempo vai ser usado para cada conteúdo, conhece melhor o formato das questões e pode ir fazer a prova sem preocupação, pois já conhece todos os detalhes importantes sobre ela.

Por fim, agora que você já sabe que as provas são para alunos do último ano ou formados em Ciências Contábeis e quais são os conteúdos cobrados, pode começar a se preparar. Lembre-se que ao escolher um curso para estudar cfc pela internet, além das videoaulas você pode treinar com questões e provas de Exames já realizados, e com isso estar mais preparado para o dia da prova.

Então comece agora mesmo a preparação que vai te ajudar a conquistar seu objetivo e sonho de se tornar um contador ou contadora com o registro no Conselho Regional de Contabilidade.

curso de recursos humanos

Gestão de Recursos Humanos é um bom curso?

Uma graduação muito buscada por quem pretende iniciar a faculdade e ter uma profissão onde o mercado de trabalho é bem servido de oportunidades, é a de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Quem faz o curso de RH online tem emprego praticamente certo, uma vez que trata-se de uma área que tem enorme abrangência, seja dentro das próprias empresas ou auxiliando-as com consultorias externas e realização de serviços pontuais.

As principais atribuições desse profissional são gerenciar e treinar os contratados, bem como suas folhas de pagamento, além definir políticas e procedimentos de gestão de pessoas. Entre as principais funções de atuação de quem se forma em uma faculdade de Recursos Humanos estão recrutamento e seleção, técnico em segurança do trabalho, analista, supervisor, gerente e diretor.

Porém, para alcançar o conhecimento necessário é preciso estudar, e estudar bastante. É aí que entra o curso de tecnólogo em Gestão de RH, que te deixará apto a terminar a faculdade EAD e ingressar quase que de imediato atuando na área.

 

Grade Curricular

Ao analisar a grade curricular do curso nota-se o quanto ele foi minuciosamente pensado para fazer de você um excelente Técnico em Recursos Humanos. As disciplinas que fazem parte do curso são:

  • Filosofia das Ciências Sociais
  • Empreendedorismo
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Sociologia Geral
  • Fundamentos da Economia
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa
  • Gestão de Pessoas
  • Legislação Empresarial
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Comunicação Empresarial
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Introdução à Administração
  • Recrutamento e Seleção
  • Sistemas de Informações Gerenciais
  • Comportamento Organizacional
  • Recursos Humanos: Fundamentos e Processos
  • Educação Ambiental e Cidadania
  • Ética e Responsabilidade Profissional
  • Legislação e Processos Trabalhistas
  • Liderança e Desenvolvimento de Equipes
  • Tópicos Especiais em Recursos Humanos
  • Gestão de Remuneração e Benefícios em Cargos e Salários
  • Avaliação do Desempenho de Pessoas
  • Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente
  • Gestão por Competências
  • Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas

Além das disciplinas listadas acima, haverá ainda a necessidade de realizar Atividades Complementares e Atividades Integradoras, que deixarão seu curso de Recursos Humanos ainda mais completo, colaborando imensamente para a prática da sua futura profissão.

Você aprenderá como fazer um planejamento estratégico da gestão de pessoas em um ambiente dinâmico e como selecionar pessoal para uma empresa, verá a importância do sistema motivacional para ajudar empresas a atingir os melhores objetivos e resultados, conhecerá a estrutura da área, o mercado de trabalho e o fluxograma do processo de recrutamento e seleção, isso para citar somente alguns tópicos. Enfim, todo o conhecimento necessário para compreender os Recursos Humanos.

 

Onde fazer a faculdade de Gestão de Recursos Humanos?

Uma decisão de extrema importância você já tomou, que é fazer a faculdade de Gestão de Recursos Humanos, feito isso, é hora de decidir também outra questão fundamental: em qual instituição de ensino se matricular? Isso faz uma diferença gigantesca no que diz respeito à qualidade do ensino e também na maneira que o seu diploma será recebido pelos futuros empregadores. Portanto, tenha em mente que, em primeiro lugar, é preciso escolher uma instituição que seja credenciada com nota máxima pelo Ministério da Educação para o ensino a distância.

Outro fator que deve ser levado em consideração é em relação ao material didático. Quem deve escolher qual é melhor para a sua necessidade é você, e não a faculdade. Se a preferência é pelo estudo sem dependência de conexão com a internet, então você terá à disposição livros impressos e videoaulas em DVD. Agora, se você se sente mais confortável ou rende melhor estudando online, então esses mesmos conteúdos devem ter suas versões digitais disponibilizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

E claro, não deixe também de verificar se a sua futura faculdade respeita suas necessidades, dando a opção de escolher o tempo de duração do curso e os valores de mensalidades que serão pagos. Afinal de contas, cada pessoa é uma pessoa, certo? Uns precisam de um pouco mais de tempo para concluir os estudos, outros podem necessitar de uma mensalidade um pouco mais baixa. O importante é que lhe sejam oferecidas condições para concluir seu curso.

Então, para encerrar e finalmente responder a pergunta que dá título a essa postagem, sim, Gestão de Recursos Humanos é um excelente curso, desde que seja feito na melhor instituição de ensino EAD.

vender online

Quero vender on-line, e agora?

A forma de consumo atual mudou: hoje, dá-se preferência pela compra on-line e não mais em lojas físicas. Não é para menos, afinal, tem-se muito mais praticidade e ainda existe a possibilidade de pesquisar preços facilmente para economizar.

Quer aproveitar esse bom momento da venda on-line e investir nessa atividade, mas não sabe por onde começar? Preparamos este guia com pontos a serem avaliados e considerados para o ingresso de sua empresa no ambiente digital. Confira e coloque todos em prática!

 

Elabore um plano de negócios

O plano de negócios é um documento em que se descreve os objetivos do negócio e como atingi-los. É importante porque funciona como um guia para a empresa, que saberá o que busca e como alcançar os resultados desejados.

Além disso, o plano de negócios reduz o risco da empresa e as incertezas de eventuais investidores, possibilitando conseguir linhas de crédito se precisar de reforço nas finanças para implementar as vendas on-line.

 

Escolha a plataforma ideal de vendas

Sua empresa deve escolher a plataforma ideal, considerando as características do negócio. Entre as alternativas está a criação de uma loja virtual própria e uso de plataforma de e-commerce paga. Neste caso, é preciso garantir integrações com formas de pagamento, também.

Uma alternativa é a venda em marketplace, que oferece boa visibilidade à marca e seus produtos. Além disso, é prática, já que não há necessidade de se preocupar com layouts, integrações de pagamentos, entre outros detalhes técnicos. Mas, é obrigatório o pagamento de comissão para o e-commerce por cada venda realizada.

Há, ainda, a opção de vender em lojas específicas de redes sociais, como a do Facebook. Trata-se de uma alternativa gratuita e fácil de ser adotada e configurada, com divulgação integrada com a rede social.

 

Tenha uma logística eficaz

A entrega é um dos fatores primordiais para o sucesso da loja on-line. Se atrasar frequentemente, as chances de fidelizar os clientes são baixas e ainda se corre o risco de espantar novos clientes.

Por isso, foque em ter uma logística eficaz, com frete em preços acessíveis e prazo reduzido de entrega, que deve ser cumprido à risca. Quando isso não for possível, preste um atendimento personalizado e empático ao cliente, solucionando o problema.

 

Invista em marketing online

A web e redes sociais estão repletas de lojas virtuais, o que pode dificultar que a sua seja facilmente encontrada. Curiosamente, existe uma forma de reverter essa situação, basta investir no marketing online.

Dentro do marketing online existem várias estratégias que podem ser utilizadas, como a implementação de campanhas de anúncios e links patrocinados, para ganhar visibilidade em redes sociais, portais e ferramentas de busca como o Google. Assim, sua loja será encontrada facilmente.

Também é possível adotar a estratégia de inbound marketing, para criação de conteúdo relevante para captar visitantes em sua loja, e de SEO, que é destinado a otimizar o site, descrições de produtos, entre outros pontos, aumentando o tráfego de visitas e possibilidade de vendas.

Para adotar essas estratégias de marketing online, contrate uma agência digital, garanta a excelência do trabalho e um ótimo retorno financeiro.

ciência da computação

O que é ciência da computação?

A ciencia da computação é a área que atua no desenvolvimento de programas para diversos objetivos e diferentes dispositivos. Sendo assim, o profissional dessa área, conhecido como cientista da computação, terá em seu dia a dia muita programação e análise de banco de dados. Ele será responsável por analisar as necessidades dos usuários e desenvolver softwares e aplicativos para corrigir problemas ou facilitar processos.

Depois de formado no curso de ciencia da computação, o profissional também poderá dar assistência aos demais usuários da empresa, realizando a manutenção das redes de computadores e conexões com a internet, por exemplo. Pode também, implementar e gerenciar banco de dados.

O cientista da computação não precisa trabalhar em uma empresa diretamente ligada à tecnologia, mas em qualquer corporação que utilize os meios tecnológicos para se desenvolver e crescer. Por isso, há muitas vagas de emprego abertas na área, aguardando por profissionais de qualidade. A área de ciencia da computação tem uma grande importância e está em expansão. Então, aproveite para apostar nessa profissão agora e construir uma carreira de sucesso.

 

Como se tornar um cientista da computação?

Para trabalhar na área, você precisa concluir a graduação em ciencia da computação. São quatro anos de estudo e prática que te preparam para o mercado de trabalho. Além disso, é importante que o profissional tenha um perfil já determinado.

É indispensável que antes mesmo de iniciar o curso, o aluno tenha habilidade para lidar com dispositivos tecnológicos, como era de se imaginar, já que o seu dia a dia será em companhia destes dispositivos. Mas, além disso, é importante gostar de matemática, já que essa disciplina vai te acompanhar durante todo o curso de ciencia da computação.

Como a tecnologia está em constante mudança para se tornar cada vez melhor e mais eficaz, o profissional precisa acompanhar essas mudanças. Por isso, o cientista da computação precisa ser curioso e estar em constante aprendizado, acompanhando as novas tendências para se manter ativo e competitivo no mercado de trabalho.

Então, se você se interessou pela área de ciencia da computação, pode começar hoje mesmo a estudar e se preparar para se tornar um cientista. Na hora de procurar pelo curso de bacharelado, é importante conferir se a instituição de ensino é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) e isso vale tantos para os cursos EAD quanto para os presenciais. É este credenciamento que fará com que o seu diploma seja bem aceito na hora de fazer uma especialização ou quando for procurar um trabalho na área. Também é interessante conferir a grade curricular, ou seja, as matérias e assuntos que aprenderá durante os quatro anos de graduação. Se possível, também confira os depoimentos de alunos e ex-alunos, assim, terá uma prévia de como é ser estudante naquela instituição de ensino.

Durante o curso, é necessário ter foco e competência para retirar o máximo possível de aprendizado. Também é o momento de fazer bons contatos profissionais, principalmente durante o estágio supervisionado obrigatório, que podem render posteriormente oportunidades de trabalho.

curso serviço social ead

Curso de Serviço Social tem estágio obrigatório?

Independente, se você optou pelo curso de serviço social EAD ou presencial, o estágio supervisionado será obrigatório. Mas, é interessante entender a importância desta etapa e não a enxergar como algo que você precisa fazer, mas como um complemento para a sua aprendizagem que vai te deixar melhor preparado para enfrentar os desafios no seu dia a dia de trabalho. Dessa forma, você pode aproveitar melhor esse período e absorver mais do aprendizado proposto.

O estágio supervisionado obrigatório possibilita ao estudante do curso de serviço social vivenciar o ambiente de trabalho. Ele também poderá colocar em prática as teorias aprendidas durante a graduação, mas ainda terá ao seu lado um supervisor para mostrar o melhor caminho para solucionar problemas e desempenhar a sua função com qualidade. Dessa forma, quando você estiver contratado, após a formação, estará mais confiante e com uma base mais forte para desempenhar a sua função.

Normalmente, o estágio supervisionado obrigatório é realizado nos últimos semestres do curso de serviço social EAD ou presencial. Isso acontece, porque a essa altura, o estudante já teve contato com bastante conteúdo e está mais bem preparado para enfrentar os desafios dessa etapa. Normalmente, a faculdade indica algumas instituições parceiras em que o aluno do curso de serviço social pode realizar o estágio. Assim,o estudante pode escolher um local que seja mais próximo da sua residência ou de fácil acesso para facilitar o seu dia a dia. Quando o futuro profissional se inscreve para a vaga de estágio, pode passar por alguns processos de seleção, como entrevistas e testes rápidos. Depois de aprovado, ele inicia o estágio, sempre mantendo em contato a faculdade e a instituição para que as funções desempenhadas estejam de acordo com o conteúdo aprendido no curso.

Depois de completado o estágio supervisionado obrigatório, o aluno do curso de serviço social precisa apresentar alguns documentos que comprovam a função desempenhada. Normalmente, também é exigido uma avaliação do aluno sobre o estágio e do seu supervisor sobre o seu trabalho. Aliás, esse momento é importante para desempenhar um bom trabalho e fazer alguns contatos profissionais que serão importantes para o seu futuro dentro da profissão. Ou seja, quem sabe você possa ser contratado futuramente pela mesma instituição em que realizou o estágio? Afinal, essa etapa serve para você conhecer o trabalho, mas também, para os outros profissionais conhecerem seu desempenho profissional.

Agora que você já sabe tudo sobre estágio supervisionado obrigatório, pode começar hoje mesmo o seu curso de serviço social. Se você ainda está no início, na busca por uma instituição de ensino, o nosso conselho é que você conheça o curso de serviço social EAD. Afinal, com toda a correria dos dias atuais, você não teria um dia, local e horário pré-determinados para aprender, poderia ter acesso ao conteúdo a qualquer momento e em qualquer lugar. Já que para estudar os conteúdos da graduação de serviço social você precisa apenas de um dispositivo com acesso a internet e vontade de aprender.